Menu

sexta-feira, 27 de julho de 2018

DEUSDETE, não é gentil e como PREFEITO se tornou um PERSEGUIDOR


A cada dia que passa, o perfeito de Angicos, Deusdete Gomes de Barros (PSDB), se revela menos representante de todos os angicanos, e sim, o prefeito de uma facção partidária radical. Vejamos que de um total de mais de 11 mil habitantes e com mais de 9 mil eleitores, Deusdete foi eleito com pouco mais de 3 mil votos.

Ele prima pelo desrespeito à adversários políticos, opositores, cidadãos, trabalhadores (de sua antiga empresa), servidores públicos, ao seu próprio secretariado e auxiliares de sua gestão. O atual chefe do Executivo Angicano, manifesta uma clara vocação para humilhar e perseguir os outros.


Deusdete mais ofende do que agrega; mais afasta do que une. Joga fora o princípio que deveria ser carro-chefe na conduta de todo homem público: promover a concórdia do seu povo, levando paz, união e o entendimento com todos.

Como comandante do Executivo Municipal, deveria buscar sempre a conciliação para resolver os conflitos. Mas faz o contrário: estimula o ódio e a desunião, com práticas de arruaça política, dando sempre ouvidos a super-secretária Nataly Felipe.


Deusdete vangloria-se de acordar cedo, se definindo como um trabalhador e esmera-se em aparecer vestido de gari e de outras fantasias para criar uma imagem de algo que não é, nunca foi e nunca será: humilde.

Se, pela sua inteligência, Deusdete deixava dúvidas e esperanças acerca do seu potencial de evoluir para a condição de ser o maior líder político desta terra, aos poucos, pelas atitudes agressivas e perseguidoras com que se conduz, vai consolidando a impressão de que trilhará cada vez mais o caminho dos vaidosos, dos inconsequentes, e diante de suas atitudes catastróficas ele caminha para receber o título de pior Prefeito da história política e administrativa de Angicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário