No último dia, 01 de julho de 2021, completaram-se 180 dias (seis meses) da gestão do prefeito de Angicos, Miguel Pinheiro Neto (MDB), o que poderia se definir como significativas melhorias no cenário administrativo acabou se tornando uma verdadeira frustação dos angicanos com a nova administração municipal.

Com grandes promessas de mudanças durante a campanha eleitoral do ano passado, o atual prefeito Pinheiro Neto, que prometia o céu com as estrelas para o povo, se tornou uma pedra no sapato de muita gente que não tem mais esperanças e perspectivas de melhoras daqui pra frente, um verdadeiro caos administrativo foi instalado no comando do Palácio Prefeito Espedito Alves, sede do Poder Executivo Municipal Angicano.

Com a maioria do secretariado de conotação e acomodação política e não técnica, o prefeito Pinheiro optou por dar espaços a alguns políticos derrotados nas últimas eleições para o legislativo angicano. Pelo menos três dos seus secretários foram candidatos a vereadores nas eleições de 2020, quando não obtiveram êxito, e sendo assim, o prefeito abriu espaço para todo esse povo não ficarem “desamparados” e sem eira nem beira, um outro ex-vereador e ex-presidente da Câmara, sendo seu parente de primeiro grau, também assumiu uma das secretarias municipais.

Nestes 180 primeiros dias de gestão, o prefeito Pinheiro Neto instalou um verdadeiro caos administrativo, com constantes críticas nas redes sociais a sua administração, o gestor angicano tem se defendido por meio de lives faz de conta e tem tentado tapar o sol com a peneira. Sabemos que ainda é cedo para dizer que será assim daqui pra frente, tem tempo de melhorar? Tem sim. Depende do próprio Pinheiro, se continuará ouvindo certas figuras já conhecidas da velha política angicana ou se colocará os pés no chão e parar de voar em céu de brigadeiro achando que tá tudo numa boa e provocar um verdadeiro choque de gestão daqui pra frente, o presente é agora, e o futuro é logo em frente. O prefeito Pinheiro Neto precisa de fato mostrar para que veio e fazer da administração um exemplo para região, fato este até o momento não mostrado.

A gestão do prefeito Pinheiro Neto precisa começar a acertar e avançar em todas as áreas da administração municipal, e quem sabe termos significantes melhorias e avanços da cidade a zona rural do município de Angicos.

Uma coisa é certa, como já relatou um aliado do atual prefeito, o caçambeiro e gestor angicano tem que parar de administrar olhando pelo retrovisor e visar o futuro, ou pelos próximos três anos e meio de sua gestão continuará sendo um retrocesso e uma verdadeira catástrofe administrativa.

Aguardamos, pois.

Foto: Divulgação
Postagem Anterior Próxima Postagem