Em ANGICOS, vereadora Edileuza Palhares é um dos nomes para concorrer a Prefeitura em 2020 

A vereadora angicana, Edileuza Palhares (MDB), vem ganhando grande destaque com seu trabalho e na sua atuação política no município em razão de seu compromisso com o povo. 

São ações voltadas para melhoria da qualidade de vida da população angicana, reafirmando um trabalho transparente e participativo. Na cidade muitos defendem o nome da vereadora Edileuza para integrar a chapa majoritária nas próximas eleições municipais, seja como candidata a Prefeita ou vice.

Edileuza Palhares foi eleita com a segunda maior e expressiva votação da história política na disputa para o legislativo angicano, ficando com 742 votos nas eleições de outubro/2016, atualmente ocupa o seu sétimo mandato parlamentar, legislatura 2017/2020. Sem usufruir de grande estruturas e/ou de grandes valores financeiros ela foi a vice-campeã de votos da 18° Zona Eleitoral (Angicos) nas eleições passada.

Sem dúvidas, por sua capacidade, espírito público, mãe de família exemplar e integrada em diversas ações desenvolvidas no município, e com conhecimento pleno dos problemas da população, é um dos melhores nomes que se credencia para compor a chapa como Prefeita ou vice-prefeita, em 2020.

Mulher pública experiente, uma pessoa educada, respeitável, e bastante conhecida nos bairros, distritos, sítios e fazendas da zona rural de Angicos. Por sua capacidade aglutinadora certamente pode colaborar para a retomada do desenvolvimento do nosso município como comandante do Palácio Prefeito Espedito Alves. 

Edileuza Palhares por meio do seu mandato tem defendido a população através de requerimentos que visa melhorar a qualidade de vida do povo angicano, e isso, é uma prioridade na sua atuação, como parlamentar. 

Atenta as demandas da população, a vereadora que é assistente social por formação, tem sempre visitado suas bases nos bairros e periferia da cidade e nas comunidades rurais do município, após ouvir diversos relatos e reivindicações, a vereadora da entrada no pedido, requerendo e oficializando as necessidades ao Poder Executivo.

Edileuza se credência SIM para ser um dos nomes na disputa majoritária em 2020, por seu trabalho, atuação, experiência e por seu histórico político eleitoral.

Edileuza Palhares em números

1982 - 255 votos se elegendo pelo extinto PDS;

1988 - 330 votos se elegendo pelo antigo PFL, hoje DEM;

1992 - 306 votos se elegendo pelo PSDB;

1996 - perdeu a eleição;

2000 - 508 votos se elegendo pelo MDB;

2004 - perdeu a eleição;

2008 - 437 votos se elegendo pelo MDB;

2012 - 472 votos se elegendo pelo MDB;

2016 - 742 votos se elegendo pelo MDB.

Ao longo de todas suas disputas a vereadora obteve um total de 3.044 votos.