FERNANDO PEDROZA é um dos municípios da REGIÃO CENTRAL que mais investe em SAÚDE, aponta ranking


O município de Fernando Pedroza (RN) é um dos três municípios que mais investe em Saúde na Região Central Potiguar, segundo levantamento do Conselho Federal de Medicina. 

Fernando Pedroza é reconhecida regionalmente com o 3° lugar, considerando o valor investido em saúde pública por pessoa. A avaliação mostra que a Prefeitura investe R$ 581,45 por habitante, quando a média estadual do valor fica entre R$ 779,21 e R$ 647,27. 

O levantamento do Conselho Federal Medicina (CFM), considerou os valores aplicados pelos gestores municipais com recursos próprios em Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS), declaradas no Sistema de Informações sobre os Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), do Ministério da Saúde. 

A secretaria Rosane Ribeiro afirma que, apesar das dificuldades financeiras que o estado e os pequenos municípios como Fernando Pedroza enfrentam, o investimento na área é indispensável. Segundo ela, esses dados demonstram que a gestão da prefeita Sandra Jaqueline tem compromisso com à área. “Ganha o governo, ganha a população”, comemorou Rosane.

A conquista reafirma o compromisso da gestão municipal de Fernando Pedroza com avanços significativos em todas as áreas do município. 

“A Prefeitura através da Secretaria Municipal de Saúde de nosso município está sempre trabalhando para oferecer os serviços básicos de saúde a população pedrozense que reside na cidade e nas comunidades rurais, otimizando custos, mas com a garantia de excelência na prestação de serviços”, destaca a prefeita Sandra Jaqueline. 

Veja a classificação de quanto investiu cada cidade da Região Central, por habitante:

Cidade - gasto per capita - população 
1° Bodó - R$ 1.178,36 - 2.307 hab.; 
2° Pedra Preta - R$ 810,67 - 2.532 hab.; 
3° Fernando Pedroza - R$ 581,45 - 3.072 hab.; 
4° Caiçara R. Vento - R$ 552,47 - 3.689 hab.; 
5° Pedro Avelino - R$ 361,51 - 6.938 hab.; 
6° Afonso Bezerra - R$ 310,55 - 11.211 hab.; 
7° Santana do Matos - R$ 250,86 - 13.289 hab.; 
8° Lajes - R$ 228,16 - 11.316 hab.; 
9° Angicos - R$ 190,03 - 11.909 habitantes.

Fonte: Conselho Federal de Medicina (CFM).