O grande medo do prefeito Deusdete é o seu vice Pinheiro Neto


Exatamente o que muitos pensam sobre quais motivos o prefeito de Angicos não realiza grandes viagens que faça-o se ausentar do município por muito dias, seu medo é a transmissão de cargo para o seu vice-prefeito Miguel Pinheiro Neto. 

Deusdete tem medo de transmitir o cargo, por este motivo, de maneira alguma ele se ausenta do município nem por um instante. As obras da cidade são em sua grande maioria todas deixadas por alocação de emendas por parte da gestão passada, do ex-prefeito Júnior Batista. 

Não se ver na cidade uma obra com a verdadeira marca da atual gestão. As obras que estão em andamento são de emendas parlamentares do ex-deputado Felipe Maia por exemplo, bem como também existe emendas alocadas pelo ex-senador José Agripino Maia. 

Deusdete não viaja, em seu terceiro ano de mandato, ele nunca foi à Brasília-DF em busca de novas emendas e/ou de recursos que se possa dizer que é uma conquista do seu atual mandato. 

O seu maior medo é Pinheiro!