Prefeito Deusdete sugere que Angicos receba título de cidade-símbolo contra o analfabetismo no RN


O prefeito de Angicos, Deusdete Gomes de Barros (PSDB), em seu discurso durante a solenidade de comemoração ao centenário de Paulo Freire, patrono da Educação brasileira, a ser comemorado no ano de 2021, sugeriu que a governadora Fátima Bezerra (PT) propusesse um projeto de lei declarando ANGICOS o título de “CIDADE-SÍMBOLO CONTRA O ANALFABETISMO NO RIO GRANDE DO NORTE”.


Deusdete afirmou que, Angicos é um símbolo Nacional e Internacional da luta contra o analfabetismo, tomando como Espelho às 40 horas do Método Paulo Freire, que passado 55 anos ainda continua viva a exitosa experiência. 

O prefeito anglicano conclamou o Governo do Estado e os educadores para caminharem juntos e unidos contra este inimigo da educação. Apesar do grande investimento na Educação (50%), atualmente, Angicos ainda tem cerca de 30% de analfabetos, tudo isso, decorrente do descuido da falta de continuidade do referido projeto ao longo destes anos.

“Temos que combater o analfabetismo e seu principal companheiro que é a evasão escolar”, citou o prefeito Deusdete Gomes. 

O evento foi realizado na noite dessa quarta-feira (25) em frente à centenária Escola Estadual José Rufino, em Angicos, onde há 55 anos, a citada escola localizada nesta pequena cidade foi o cenário do que seria um projeto-piloto contra o analfabetismo, inserido no Programa Nacional de Educação, criado no governo do então presidente João Goulart.

A solenidade ainda contou com a presença além da governadora Fátima Bezerra e secretários estaduais, do deputado Francisco do PT, dos prefeitos de Afonso Bezerra, Francisco das Chagas Bertuleza, e de Fernando Pedroza, Sandra Jaqueline, do do diretor do campus da Universidade Federal Rural do Semi-Árido - Ufersa-Angicos, Araken de Medeiros Santos, do presidente da Câmara de Angicos, Cloves Tibúrcio, do ex-prefeito de Afonso Bezerra, Jackson Bezerra, vereadores locais e lideranças regionais.