Projeto que corrige distorções salariais na pm e Bombeiros é entregue na ALRN


O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), reuniu-se com o Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Raimundo Alves, tendo como pauta a entrega de um projeto de lei, de iniciativa do Governo, que reduz as distorções salariais e o tempo necessário para as promoções na carreira militar da Policia e do Corpo de Bombeiros. Representantes das associações ligadas a segurança pública acompanharam a reunião.

De acordo com Raimundo Alves, essas correções salariais serão feitas de forma escalonada, nos próximos três anos e de forma crescente, permitindo que o governo do Estado chegue em 2022, promovendo uma equiparação salarial. Dentro do projeto está contemplada também a redução do tempo para as promoções dentro das carreiras dos policiais e bombeiros militares. Diminuindo o tempo de promoção do soldado para o cabo – de 10 anos para 8 anos; do cabo para o terceiro sargento – de 6 anos para 4 anos e nas demais carreiras deduzindo de 4 anos para 3 anos.

“O governo do Estado havia se comprometido com os policiais e bombeiros militares que em setembro iríamos trazer para a Assembleia um projeto de lei que finalizasse essas distorções e que promovesse mais dignidade para a categoria. Hoje viemos entregar o projeto e pedir, mais uma vez, o apoio desta Casa Legislativa para que este seja aprovado e permita que a Segurança Pública do RN vivencie um novo momento”, explicou Raimundo Alves.

O presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira, destacou a importância do momento, ressaltando a seriedade do governo e dos representantes da categoria, ao tentar solucionar o problema da segurança e buscar uma alternativa, mesmo diante da atual conjuntura financeira pela qual passa o Rio Grande do Norte. “É preciso render homenagens ao setor de segurança pública deste Estado. Os números nos mostram uma redução da criminalidade e isso é fruto do trabalho de excelência dos que fazem essa categoria. Hoje vocês nos dão exemplos de competência, inteligência e amadurecimento, ao dialogar com o governo e com a Assembleia Legislativa, em busca de soluções, entendendo o momento de crise pelo qual passa o Governo do Estado”, destacou Ezequiel. Ferreira.


Representando as associações presentes na reunião, o presidente da Associação dos subtenentes e sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBM/RN), Eliabe Marques, disse que a notícia chega para a categoria como um alívio. “Os policiais e bombeiros recebem essa notícia com muita alegria. De imediato, nós queremos reconhecer o esforço do governo, a parceria com a Assembleia e esperamos que essas medidas, chegando na ponta, chegando no policial, ela se reverta na melhoria do serviço prestado a população”, comemorou.

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, reforçou o compromisso dos 24 deputados estaduais em aprovar todos os projetos que tragam benefícios para a população do RN. “Assim como sempre fizemos. Estamos prontos para dar celeridade a todos os projetos de Lei que representem benfeitorias para a nossa população. Assim será com esse, que hora recebemos e que tanto representa para a segurança pública de todo o nosso Estado”, concluiu.

Diante do compromisso reforçado por Ezequiel, o chefe da Casa Civil, Raimundo Alves, destacou o comprometimento dos deputados com a administração estadual. “Somos poderes independentes e o governo reconhece a independência do Poder Legislativo. Mas é preciso destacar que a Assembleia Legislativa, na pessoa do presidente Ezequiel, tem sido grande parceiro do governo. Todas as decisões que o governo entende que precisa tomar e que envia para esta Casa tem contado com a parceria do presidente e dos deputados, de forma muito solidária”, finalizou.

Além do presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira e do chefe da Casa Civil, Raimundo Alves, participaram da reunião os deputados estaduais George Soares, Coronel Azevedo e Cristiane Dantas (SDD), além de Larissa Rosado – chefe de gabinete da presidência da Assembleia Legislativa; Sargento M. Sousa – Presidente da APBMS; Guinaldo da Costa – Presidente da ASSPRA; Rodrigo Maribondo – Presidente da Associação dos Bombeiros; Sargento César Queiroz – Membro da ACS; Cabo Roberto Cleiton – Presidente da ACS; Capitão José Teotônio da Costa – Vice-presidente da ASOFME; Major Antoniel Moreira – Diretor da ASSOFME; Altair Rocha Filho – Assessor especial do Governo do Estado; Ana Carolina Monte – Procuradora do Estado.