De hoje a um mês, Angicos lembrará 10 anos da morte do ex-prefeito Jaime Batista


Jaime Batista dos Santos, era um dos nomes mais fortes do ramo de cervejaria nas décadas de 80 e 90 no Rio Grande do Norte.

Na política, foi um dos maiores líderes políticos de Angicos, cidade que administrou por dois mandatos (1988/1992 - Janeiro a Novembro/2009), quando neste último ano faleceu aos 63 anos, vítima de  um acidente automobilístico no dia, 08 de novembro de 2009, no exercício do seu segundo mandato a frente da Prefeitura de Angicos.

Acidente e morte



Naquele fatídico 08 de novembro, o acidente aconteceu por volta das 22h, na estrada que liga Afonso Bezerra a Angicos, a RN-263. A causa mortis apontada pelo Instituto Técnico e Científico de Perícia - ITEP, foi traumatismo craniano. Porém, naquela época e até hoje muita gente ainda acha que existiram outros fatores que levaram ao acidente e morte do líder político. Mesmo passado uma década, ainda existe mistério com relação a morte de Jaime.

Liderança Política


Em 1988, Jaime foi eleito prefeito de Angicos pela primeira vez, fez uma administração revolucionaria, conseguindo um alto índice de aprovação popular. Elegeu seu sucessor em 1992, sendo eleito o seu sobrinho ex-prefeito Júnior Batista; em 1996 elegeu sua esposa, Albaniza Suely. 


Em 2004, indicou novamente seu sobrinho Júnior Batista para compor a chapa com Dr. Ronaldo, vencendo o pleito naquele ano. Quatro anos mais tarde, em 2008, ouviu o chamado do povo angicano e foi novamente candidato a prefeito se unindo com seu antigo e ferrenho ex-adversário Clemenceau Alves que compôs a chapa como vice-prefeito. Jaime faleceu aliado de Clemenceau.

Jaime administrador e construtor

Jaime era proprietário de uma das maiores Construtoras do Nordeste, a antiga Move Terra. Como administrador e prefeito de Angicos revolucionou a cidade fazendo grandes construções como empresário e gestor do município. Construiu vilas de casas no Alto do Triangulo e na antiga favela, que ele denominou como Cidade Nova e atualmente é bairro Monsenhor Pinto.

Diversos empreendimentos foram construídos por Jaime Batista em Angicos, o destaque para o maior complexo de entretenimento do Rio Grande do Norte, o antigo Parque de Vaquejadas São José e atual São José Park Show.

Primeira década sem Jaime em Angicos



Ao longo desse mês, o Tribuna do Cabugi trará uma série de reportagens e matérias sobre o que mudou sem a presença física de Jaime Batista dos Santos, e a falta sentida pelos angicanos daquele que era conhecido como campeão e pai dos pobres na cidade de Angicos.

Fotos: Divulgação