Paróquia de São José dos Angicos comemora 183 anos de criação neste dia, 13 de outubro


A Paróquia de São José dos Angicos, fundada em 13 de outubro de 1836, celebra neste domingo (13) os seus 183 anos de existência. 

Por essa estimada paróquia passaram 28 Padres. Ela foi administrada durante 50 anos por Padre Felix (1845-1895), o padre que passou mais tempo na paróquia como pároco, sendo administrada também pelo então padre à época Manuel Tavares de Araújo, o qual foi nomeado bispo de Caicó em 1958, passou 22 anos, sendo este o terceiro maior tempo.

Em 1959 foi nomeado o novo pároco (única nomeação de um padre feita por um Papa conhecida no Brasil), ou seja, Padre Francisco das Chagas Pereira Pinto, o Monsenhor Pinto, administrou a paróquia de 1959-2008, foram 49 anos de paroquiato, o segundo maior tempo a frente da paróquia. 

Foi administrada pelo Padre Vicente Fernandes da Silva Neto 2008-2011 e pelo Padre Severino da Silva Neto que já na condição de Pároco cuidou do rebanho católico angicano por 7 anos de janeiro de 2011 à maio de 2018.


Nos dias atuais, a Paróquia de São José dos Angicos que compreende os municípios de Angicos e Fernando Pedroza tem como Pároco o Padre Jaílton da Silva Soares, nomeado em julho de 2018 e empossado em 23 de agosto do mesmo ano, com provisão canônica de 6 anos concedido pelo senhor arcebispo metropolitano Dom Jaime Vieira Rocha.

Em comemoração aos 183 anos de fundação da paróquia de São José dos Angicos, está sendo desenvolvida uma programação comemorativa para celebrar esta data, haverá a Celebração Eucarística, presidida pelo filho da terra o arcebispo emérito de Natal, Dom Matias Patrício de Macedo, e concelebrada pelo pároco Jaílton Soares, às 16h, na Igreja Matriz de São José dos Angicos.

“Esta gleba sertaneja agradece, Angicos pede proteção, amor e fé. 183 anos de história, sob o olhar protetor de São José”.

Pascom Angicos
Fotos: Leonardo Ribeiro