Polícia Civil diz que vai se pronunciar sobre causa da morte de mulher em Angicos após laudo do ITEP


A Polícia Civil de Angicos que tem a frente o delegado o Dr. Raphael Alves, confirmou que apenas irá se pronunciar oficialmente sobre a causa da morte de mulher ocorrido no bairro Prefeita Zélia Alves, nesta quarta-feira (16), após a confirmação do laudo pericial realizado pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia - ITEP.

As primeiras informações davam conta de um possível caso de feminicídio, o que a Polícia não descarta e nem confirma. A princípio foi informado de que o cidadão teria matado sua esposa e em seguida tentou suicídio. 

Hipóteses não estão descartadas


O Serviço Médico Móvel de Urgência - SAMU, foi chamado mas a vítima do sexo feminino já estava sem vida. Já o seu companheiro foi socorrido com vida para o Hospital Municipal de Angicos e passa bem.

Outra versão para o fato

As versões são diferentes, uma outra apresentada por moradores do entorno da residência onde o corpo foi encontrado aponta que os dois teriam tentado suicídio e a mulher foi a óbito.

Com isso, o procedimento da necrópsia ou exame cadavérico é que irá determinar a causa e modo de morte da mulher.


Com informações e fotos: Rogério Magno - Angicos News