PRF prende homem que assaltou correspondente do Bradesco em ANGICOS


No início da tarde desta segunda-feira (21), a Polícia Rodoviária Federal prendeu, na BR 406, Km 167, em São Gonçalo do Amarante, um homem de 20 anos, conduzindo um Ford/Ka roubado, portando arma, droga e animais silvestres abatidos.

Após abordagem e consultas, os policiais constataram que o veículo havia sido roubado na na manhã deste domingo (20). Em revista ao interior do veículo, foi localizado em uma bolsa, um revólver calibre 38, com sete munições, sendo três delas com marcas de tentativa de disparo. Foi encontrados ainda, a quantia de R$1.828,25 em espécie, dois aparelhos de celular, dez papelotes de maconha e quatro animais silvestres abatidos, da espécie tatu-peba.

Indagado sobre o material apreendido, o homem confessou ter tomado de assalto o veículo na manhã de ontem (20), na cidade de São Gonçalo do Amarante e que teria seguido para a cidade de Lajes, de onde é natural, e, na manhã de hoje teria praticado assalto em uma agência bancária na cidade de Angicos. Informou também que já tem passagem pela polícia por furtos e roubos, desde os 12 anos de idade.


Durante a fiscalização o proprietário do veículo compareceu à Unidade Operacional da PRF, tendo reconhecido o homem como sendo um dos responsáveis pelo roubo do carro. Porém afirmou que ele teria agido em parceria com outro homem. Diante do flagrante, o assaltante foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de São Gonçalo do Amarante.


A nossa reportagem teve acesso com exclusividade as imagens do circuito interno de câmeras do correspondente do Banco Bradesco em Angicos do roubo acontecido na manhã desta segunda-feira, dia 21 de outubro por volta das 8 horas e 24 minutos que comprova que se trata da mesma pessoa, estando o meliante trajando a mesma camiseta do momento em que assaltou a agência com a que foi preso pela PRF na BR 406 em São Gonçalo do Amarante.

Através das fotos abaixo do sistema de câmeras da agência e da feita no momento da prisão pela PRF os nosso leitores podem comprovar de que se trata da mesma pessoas. A Policia Rodoviária Federal agiu rápido e mediante a denuncia do tipo do carro utilizado pelo bandido a até da placa do veiculo que não dissemos aqui na primeira matéria para não atrapalhar as investigações policiais foi possível através de uma comunicação rápida, eficaz e integrada das policias botar a mão nesse larápio.

Por Rogério Magno