Vereadora Edileuza Palhares deixa o MDB após décadas de militância partidária


A vereadora Edileuza Palhares Lopes deixou na manhã dessa sexta-feira (27) os quadros de filiados do Movimento Democrático Brasileiro - MDB.

Após mais de duas décadas militando na sigla bacurau, a vereadora Edileuza acompanhada do seu filho, o advogado Palhares Neto, entregaram o pedido de desfiliação partidária ao presidente do Diretório Municipal do MDB de Angicos, João Maria Pinheiro.

Na última eleição municipal, ela foi eleita em segundo lugar com uma votação histórica, onde recebeu a confiança de 742 angicanos em reconhecimento ao seu trabalho.

Edileuza está em seu 7° mandato de vereadora na Câmara Municipal de Angicos. Um dos poucos nomes que mais tem serviços prestados no município em diversificadas áreas de atuação, se destacando na saúde e  no assistencialismo social, com ações direcionadas a camada mais carente da população angicana.

Com esse trabalho junto ao povo angicano, a vereadora Edileuza Palhares tem seu nome reconhecido independente de sigla partidária. Este reconhecimento é público e notório tanto na cidade quanto na zona rural do município

Com a saída da vereadora Edileuza, o MDB perde um dos nomes mais valiosos e bem avaliados junto ao povo e que cumpriu sempre com lealdade tudo que a legenda impôs, acompanhando sempre todas suas decisões políticas partidárias.


A vereadora Edileuza Palhares conta, como sempre contou com o fundamental apoio de sua família, do seu esposo Manoelzinho Carau que é seu fiel escudeiro e companheiro leal em todas suas tomadas de decisões, dos seus filhos Palhares Neto e Bruna Palhares, enfim, de toda sua família.

Junto à vereadora Edileuza Palhares, o seu filho Palhares Neto acompanhou sua decisão e também se desfilou da agremiação partidária. Palhares Neto poderá substituir sua mãe em uma eventual disputa para uma das nove vagas de vereadores da Câmara Municipal de Angicos.

Consultando familiares, amigos, correligionários e suas bases eleitorais, todos respeitaram a decisão da vereadora Edileuza, que deverá seguir para um novo partido político nos próximos dias, cumprindo os prazos estabelecidos pela Justiça Eleitoral.

Edileuza sai sem nenhuma mágoa ou ressentimento, agradecendo aos líderes partidários da legenda, de modo especial ao ex-senador Garibaldi Alves Filho e de Garibaldi Pai que foi quem lhe acolheu na legenda e abonou sua ficha de filiação ao MDB há mais de duas décadas.

O nome de Edileuza Palhares vem sendo cotado e conclamado pela população angicana para que nas eleições deste ano ela participe dé uma chapa majoritária na disputa pelo comando do Palácio Prefeito Espedito Alves.

Edileuza deverá anunciar nas próximas horas seu novo partido, sendo quase certa sua filiação ao Partido da Social Democracia Brasileira - PSDB, liderado na cidade pelo prefeito Deusdete Gomes de Barros.