Igreja vazia, apenas a prefeita interina Sandra Alves e seu esposo na abertura do São João de Assu


A pandemia do coronavírus tem apresentado imagens que se tornarão históricas no mundo inteiro, mostrando  centros urbanos vazios, praças famosas sem a presença de pessoas e ambientes comerciais de grande tráfego sem movimento algum.

Trazendo esse fato para a realidade da cidade do Assu, registramos uma foto local feita pelo fotografo Marcos Costa, durante a abertura do novenário de São João Batista, no interior da Igreja Matriz, na noite de 14 de junho de 2020, data que tradicionalmente começa  a festa do padroeiro do município.

O São João de Assú está completando 294 anos, pela primeira vez em sua história, a igreja matriz está vazia sem a presença dos devotos. 

Nas cadeiras, onde normalmente os acentos não cabem os presentes, e muitos ficam de pé, para assistir o novenário, apenas a prefeita interina Sandra Regina Meireles Holanda Alves, e seu esposo Helder Cortez Alves, assistiram a missa. 

Poderia ser só mais uma foto do profissional, mas não é só isso, ela mostra um momento único, uma mistura de fé, tristeza e esperança que tudo retorne à normalidade com as pessoas podendo sair de suas casas, sem temer o vírus.

Na visão da TV ASSU, que transmiti o novenário pelas redes sociais, a foto mostra um retrato do nosso momento, da nossa fé e da nossa esperança que tudo passe.

TV Assu