Governadora manda afastar PM que conduziu ação contra estudantes do IFRN


O policial militar que conduziu a ação no Instituto Federal do Rio Grande do Norte IFRN nesta terça-feira (11) foi afastado de suas atividades operacionais a mando da governadora Fátima Bezerra (PT). Ela divulgou a informação no final da tarde em suas redes sociais. Segundo o comandante da PM, coronel Alarico, o PM ficará afastado até que a apuração seja concluída.

A Polícia Militar e estudantes do IFRN entraram em confronto durante um protesto organizado pela rede de grêmios da instituição no prédio da Reitoria do IFRN, no campus da zona Sul de Natal, na tarde desta terça-feira (11). Em determinado momento da confusão, os PMs usaram spray de pimenta contra os estudantes.

A governador afirmou que logo que tomou conhecimento do ocorrido acionou o secretário de Segurança Pública, coronel Araújo e o comandante coronel Alarico e determinou prioridade na apuração do episódio.

“O vice-governador Antenor Roberto foi ao local e se solidarizou em nome do nosso Governo com os alunos e funcionários que se manifestam pacificamente contra a intervenção do IFRN. Nosso governo não conviverá com práticas inadequadas e que violem a liberdade dos nossos estudantes”, escreveu a governadora.

O protesto foi motivado pelo descontentamento dos estudantes com a posse do reitor professor Josué de Oliveira Moreira, nomeado por uma portaria publicada pelo Ministério da Educação. Moreira é filiado ao PSL, antigo partido do presidente Jair Bolsonaro.

O reitor eleito democraticamente pela comunidade acadêmica do IFRN é o professor José Arnóbio de Araújo Filho.

Fonte: Portal Grande Ponto