Pinheiro Neto será diplomado Prefeito de Angicos nesta quinta, 17


O atual vice-prefeito de Angicos (RN), Miguel Pinheiro Neto (MDB), será diplomado prefeito da cidade nesta quinta-feira, 17 de dezembro de 2020, em cerimônia restrita que irá ocorrer no Salão Nobre da Comarca de Angicos - Fórum Desembargador Pedro Januário de Siqueira, em Angicos/RN.

A solenidade de diplomação será presidida pelo Dr. Rafael Barros Tomaz do Nascimento, juiz da 18ª Zona Eleitoral. Além de Pinheiro Neto, também serão diplomados a vice-prefeita eleita Cinara Dantas (PSB) e os vereadores: Nova de Nataly (PSDB); Raphael Alves (MDB); Neto Maciel (PSDB); Nivaldo Gomes (Republicanos); Cloves Tibúrcio (MDB); Tiago Braga (MDB); Edileuza Palhares (PSDB); Jalmir Filho (PSB) e Jailma Araújo (SD).

Pinheiro Neto disputou cargo eletivo pela primeira vez nas eleições de 2004, quando disputou o cargo de vice-prefeito na chapa encabeçada pelo então prefeito Clemenceau Alves que disputava a reeleição e foi derrotado pelo então seu vice-prefefena época, o médico Ronaldo Teixeira (PSB).

Nas eleições de 2016, teve seu nome cotado pelo partido para disputar a Prefeitura do município só que em uma articulação feita pelas lideranças do seu partido, disputou a eleição como candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo atual prefeito Deusdete Gomes de Barros (PSDB).

Após cinco meses de mandato, na disputa pela eleição da presidência da Câmara Municipal de Angicos, o prefeito Deusdete Gomes e o vice-prefeito Pinheiro Neto romperam administrativamente e politicamente e, de lá pra cá, Pinheiro Neto se tornou candidato natural de oposição ao prefeito Deusdete.

Nesta última campanha eleitoral, Pinheiro fez aliança política com o ex-prefeito Ronaldo Teixeira de quem recebeu seu apoio e indicou a professora Cinara Dantas, ex-secretária de Assistência Social, e de Educação, para ser sua companheira de chapa como candidata a vice-prefeita.

Pinheiro e Cinara foram eleitos com 4.121 votos, representando 52,28% dos votos válidos derrotando o atual prefeito Deusdete Gomes que ficou com 3.460 votos, 43,90% dos votos válidos.

O MDB desde as eleições de 2000 não vencia a eleição de Prefeito em Angicos.