Quatro secretários municipais são afastados por causa da Operação Fura-Fila


A Justiça Estadual afastou por seis meses quatro secretários envolvidos no esquema que furava a fila de consultas e exames no Sistema Único de Saúde (SUS) no Rio Grande do Norte.

São eles:

Gleycy da Silva Pessoa (secretária de Saúde de Brejinho);

Maria Madalena Paulo Torres (secretária de Saúde de Frutuoso Gomes);

Alberto de Carvalho Araújo Neto (secretário de Saúde de Arês);

Anna Cely de Carvalho Bezerra (secretária de Assistência Social de Brejinho)

Além de ficarem afastados dos respectivos cargos por seis meses o quarteto está proibido de exercer qualquer função comissionada. Esta última situação também se aplica a Eliege da Silva Oliveira, ex-secretária de Saúde de Ielmo Marinho.

A Operação Fura-Fila prendeu na manhã desta terça-feira, 20, o vereador de Parnamirim Diogo Rodrigues (PSD) e realizou mandado de busca e apreensão na casa do deputado estadual Souza Neto (PSB).

Blog do Barreto