Padre Severino Neto, pede renúncia do ofício de pároco da Paróquia de São José dos Angicos


Padre Severino da Silva Neto, 33 anos, decidiu renunciar o governo paroquial da Paróquia de São José dos Angicos, que compreende os municípios de Angicos e Fernando Pedroza, ele também comunicou em carta lida aos fiéis paroquianos que se afastará por um período de um ano de assumir qualquer função como administrador ou pároco, onde neste período se dedicará a cuidar de sua saúde. A decisão foi comunicada ao final da celebração da Santa Missa da Santíssima Trindade, na noite deste domingo (27).



Nomeado e empossado pelo arcebispo arquidiocesano Dom Jaime Vieira Rocha no dia 16 de março de 2013, sua provisão se estendia até o proximo ano, contudo o sacerdote resolveu renunciar. Padre Severino da Silva Neto, chegou em nossa cidade no ano de 2011,  natural de Senador Elói de Souza, ele deixa a paróquia de São José, em Angicos, com um grande legado. Além de conduzir a nossa Paróquia, ele tinha à missão de cuidar do saudoso monsenhor Pinto.

Conforme o Pe. Severino a entrega da paróquia ao arcebispo metropolitano se deve a vários motivos, dentre eles sua dificuldade em cumprir sua missão de padre, na paróquia, com o mesmo entusiasmo após a morte do inesquecível Monsenhor Pinto.

Padre Antônio Gomes assume interinamente a Paróquia

Pe. Severino Neto esteve à frente da Paróquia de São José como administrador paroquial e como pároco por um período de 7 anos e 5 meses. Com sua renúncia assume a paróquia interinamente como administrador paroquial, no dia 01 de junho, o pároco da Paróquia de São Vicente Ferrer, em Itajá, padre Antônio Gomes.

Sem dúvidas, o padre Severino Neto nos deixa um grade legado pelo seu trabalho de expansão pastoral; padre atuante e incansável, o pároco construiu templos em diversas comunidades rurais; construiu Centro Pastoral Monsenhor Pinto, em Fernando Pedroza, entre tantos outros serviços dedicados a santa mãe igreja, de modo particular nas cidades de Angicos e Fernando Pedroza.