Palocci confirma que distribuiu propina para Gleisi Hoffmann e Fátima Bezerra


O Ex-ministro Antonio Palocci afirmou em sua delação premiada que distribuiu propina para a presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann e a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.

No documento da delação divulgado pela Crusoé, a Polícia Federal confirma que Palocci admite ter sido o responsável pela distribuição de dinheiro ilícito para Fátima Bezerra, Gleisi Hoffmann e ainda outros nomes do PT.

Ainda na delação, Palocci afirma que Gleisi, atualmente deputada federal, e Fátima, que se elegeu governadora em 2018, tinham conhecimento da origem ilícita das doações realizadas pela empresa Camargo Corrêa.

O dinheiro seria repassado através da empresa Camargo Corrêa em um esquema de corrupção. A empresa distribuiria os valores através de um sistema de lavagem de dinheiro.


A delação de Palocci deve ser divulgado na íntegra nos próximos dias.