Líderes discursam sobre novo coronavírus, serviços do detran e transparência


Cinco deputados estaduais se pronunciaram no horário destinado a lideranças na sessão remota desta quarta-feira, 01, na Assembleia Legislativa: os deputados líderes de blocos partidários Eudiane Macedo (PRB), Kelps Lima (Solidariedade), Souza (PSB), Francisco do PT e Ubaldo Fernandes (PL). O horário teve início com o discurso da deputada Eudiane que cobrou agilidade do Detran para regularizar pelo menos 3 mil automóveis em todo o Estado que ainda não conseguiram atualizar suas documentações.

“Processos que dependem do Detran estão atrasados”, disse Eudiane, afirmando que as vistorias realizadas em lojas de veículos estão levando até 20 dias. A deputada ressaltou que o Detran ainda não anunciou a data para a volta do atendimento presencial.

O deputado Kelps Lima voltou a falar sobre a compra de respiradores pelo Governo do Estado através do Consórcio Nordeste, citando uma cobrança de informações feitas pelo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Gilberto Jales. “A cada dia o buraco negro do Consórcio Nordeste se torna maior”, criticou Kelps, ressaltando que apesar do procurador geral do Estado, Luiz Antônio Marinho, ter prestado esclarecimentos à Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa, a governadora Fátima Bezerra ainda não se pronunciou. O deputado lembrou que o Consórcio foi aprovado pelos 24 parlamentares do Rio Grande do Norte e que não é contra a ‘instituição consórcio’, só cobra “uma palavra forte da governadora”.

O deputado Souza voltou a cobrar da Conab o pleito de seu mandato, para garantir atenção a instituições de longa permanência como os lares de idosos, ressaltando que nesta quarta-feira o presidente Jair Bolsonaro sancionou uma lei que permite a distribuição de kits de alimentos em lares de idosos. Em seu discurso relatou a ‘satisfação’ com o Governo por liberar R$ 5 milhões em emendas para os deputados, repassando os recursos para ações de combate ao novo coronavírus em unidades de saúde de todo o Estado. O deputado também fez críticas ao Detran por não se pronunciar ainda sobre o funcionamento de autoescolas. “Espero um manifesto do Governo sobre as aulas teóricas e práticas”, alertou Souza.

O deputado Francisco do PT se pronunciou sobre temas debatidos na sessão desta quarta-feira, entre eles as ações do Governo durante a pandemia. Souza reforçou a parceria do Governo com a empresa Guararapes para confecção e doação de 7 milhões de máscaras, lembrando que pouco mais de 3 milhões já foram confeccionadas por oficinas de costura do Rio Grande do Norte e distribuídas por todo o Estado. Concluiu que dois milhões serão distribuídas nos próximos dias e que mais dois milhões ainda serão confeccionadas. “Uma costureira me disse que só a oficina dela já fez mais de 300 mil máscaras”, disse o deputado.

Francisco do PT também relatou dados referentes a leitos abertos pelo Governo do Rio Grande do Norte como uma das ações de combate ao novo coronavírus. “São 415 mil leitos dentro do programa Pacto pela Vida”, disse Francisco, lembrando que não são todos de UTI. “São 214 leitos críticos, que incluem UTIs e semi-UTIs, e 201 leitos clínicos e de estabilização. O parlamentar disse que os leitos foram distribuídos em hospitais de Natal e Região Metropolitana, Mossoró, e regiões Oeste, Alto Oeste, Mato Grande e Seridó.

Em seu discurso, o deputado Ubaldo Fernandes cobrou do Governo a abertura de leitos também na região do Trairi, citando o hospital de Santa Cruz. “A região do Trairi é muito importante”, disse Ubaldo, afirmando que é natural de Tangará, e que faz a cobrança para evitar a transferência de pacientes para Natal. O deputado encerrou seu discurso parabenizando a Polícia Militar do Rio Grande do Norte pelo aniversário comemorado há poucos dias. “São 186 anos de existência desta gloriosa Polícia Militar”, concluiu Ubaldo.