Com dispensa de licitação, prefeito Pinheiro Neto contrata empresa por mais de R$ 200 mil para fornecimento de injetáveis


O prefeito de Angicos/RN, Miguel Pinheiro Neto (MDB), que na semana passada decretou estado de calamidade pública na saúde e financeira do município, autorizou a contratação emergencial de uma empresa no valor de R$ 202.601,50, por meio de dispensa de licitação para o fornecimento de itens de medicamentos injetáveis.

A empresa contratada é a KIRELI TECNOLAB LTDA - EEP, que fica localizada no bairro de Lagoa Nova, em Natal. De acordo com o documento, a Prefeitura efetuará o pagamento após o trâmite normal do processo da despesa.

A despesa ocorrerá à conta do orçamento geral vigente no exercício de 2021, na seguinte dotação orçamentária: Unidade Orçamentária: 02,006 - Secretaria Municipal de Saúde. Ação: 2033: Manutenção e fortalecimento das Ações de Alta Complexidade.

Vale lembrar que no último dia 03 de março, o prefeito Pinheiro Neto decretou estado de calamidade pública pelo prazo de 90 dias em razão da grave crise de saúde pública e financeira no município de Angicos.

O Gabinete Civil do Município enviou ofício a Câmara Municipal de Angicos e a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, requerendo de ambos os Poderes, o reconhecimento do estado de calamidade pública municipal.

Confira a cópia da dispensa, publicada no Diário Oficial dos Municípios na página eletrônica da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte - FEMURN:

Foto: Erick Souza