Menu

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Gesane Marinho gastou mais de R$ 100 mil com empresa que financiou sua campanha

A deputada estadual Gesane Marinho já destinou, só no atual mandato, pelo menos R$ 100.274,92 de sua Verba Indenizatória do Exercício Parlamentar, portanto dinheiro público, a gastos com a RG de Barros Vasconcelos (nome de fantasia Posto Jacutinga, CNPJ 03154296000193). Essa mesma empresa doou R$ 30 mil à campanha da parlamentar, no ano de 2010.
 
A média de gastos é superior a R$ 3 mil por mês (confira lista completa ao final do texto). Ao longo de 2011 a despesa da deputada com o posto superou R$ 40 mil, enquanto em 2012 foram mais R$ 36 mil, pelo menos. O número não é exato porque o Portal da Transparência da Assembleia Legislativa simplesmente não traz as prestações de contas referentes a maio de 2012.
 
Em 2013 o registrado em sete meses ultrapassou R$ 23 mil e, desde o início do mandato até julho do ano passado, a RG de Barros era a única beneficiada de todos os gastos da parlamentar com sua verba indenizatória dentro do item “combustíveis e lubrificantes”. Desde agosto, porém, não há mais registros de gastos no estabelecimento e todas despesas da deputada nesse item foram destinadas a um posto no município de Canguaretama.
 
Henrique – A RG de Barros também financiou a campanha do deputado federal Henrique Eduardo Alves, no ano de 2010, com uma doação de R$ 10 mil. E ao longo do atual mandato, o presidente da Câmara dos Deputados já gastou mais de R$ 105 mil de sua Cota para Exercício da Atividade Parlamentar, também dinheiro público, com a empresa.
 
Em janeiro de 2013 o jornal O Globo publicou reportagem envolvendo a RG de Barros e as doações ao deputado federal. A manchete foi “Alves abastece com verba posto que doou para sua campanha” (http://oglobo.globo.com/pais/alves-abastece-com-verba-posto-que-doou-para-sua-campanha-7306756).
 
Após a reportagem de O Globo, o deputado, através de sua assessoria, limitou-se a responder que “com relação às doações de campanha, peço que seja verificada a lisura, a legalidade de todas as prestações de conta junto ao TRE. Com relação ao uso de verba indenizatória, sugiro que seja verificada a legalidade e a correção de minhas contas nesses 42 anos de vida parlamentar”.
 
De acordo com o jornal, ainda que considerando o valor do combustível mais caro (gasolina aditivada), em fevereiro de 2011 os R$ 4.500 gastos no posto permitiria rodar 1.660 km, aproximadamente a distância necessária para cortar o Nordeste, indo de Salvador a São Luís.
 
Compartilhe em: http://bit.ly/1ii2FKR
 
Confira os gastos mensais de Gesane Marinho com a RG de Barros no atual mandato:
Janeiro/11 – R$                3.286,88
Fevereiro/11 – R$ 3.282,91
Março/11 – R$ 3.298,20
Abril/11 – R$ 3.342,66
Maio/11 – R$ 3.312,49
Junho/11 – R$ 3.350,68
Julho/11 – R$ 3.362,25
Agosto/11 – R$ 3.394,74
Setembro/11 – R$ 3.321,97
Outubro/11 – R$ 3.365,61
Novembro/11 – R$ 3.381,92
Dezembro/11 – R$ 3.402,74
Janeiro/12 – R$ 3.327,73
Fevereiro/12 – R$ 3.371,68
Março/12 – R$ 3.333,02
Abril/12 – R$ 3.402,20
Maio/12 – não disponível
Junho/12 – R$ 3.363,99
Julho/12 – R$ 3.395,62
Agosto/12 – R$ 3.423,94
Setembro/12 – R$ 3.359,18
Outubro/12 – R$ 3.355,57
Novembro/12 – R$ 3.247,73
Dezembro/12 – R$ 3.152,73
Janeiro/13 – R$ 3.437,92
Fevereiro/13 – R$ 3.156,42
Março/13 – R$ 3.398,71
Abril/13 – R$ 3.487,05
Maio/13 – R$ 3.321,21
Junho/13 – R$ 3.214,12
Julho/13 – R$ 3.423,05

Nenhum comentário:

Postar um comentário