Prefeito de São Gonçalo e Dom Jaime recepcionam Mourão em visita ao Monumento dos Mártires


Em passagem pelo Rio Grande do Norte, o presidente em exercício do Brasil, Hamilton Mourão, esteve no Monumento aos Mártires de Uruaçu e Cunhaú em São Gonçalo do Amarante.



Na visita, o chefe do Executivo Federal foi recebido pelo prefeito Paulo Emídio (Paulinho) e arcebispo metropolitano Dom Jaime Vieira Rocha.

Mártires de Cunhaú e Uruaçu ou Protomártires do Brasil, é o título dado pela Igreja Católica aos trinta católicos martirizados, no interior do Rio Grande do Norte. Foram vítimas de dois morticínios, ambos no ano de 1645, no contexto das invasões holandesas no Brasil.




O primeiro massacre ocorreu na Capela de Nossa Senhora das Candeias, no Engenho de Cunhaú, município de Canguaretama; o segundo foi na comunidade de Uruaçu, no município de São Gonçalo do Amarante.

Foram beatificados pelo Papa João Paulo II em 5 de março de 2000. No dia 23 de março de 2017 o Papa Francisco autorizou a canonização dos trinta mártires do Rio Grande do Norte. A canonização ocorreu em uma cerimônia no Vaticano, em 15 de outubro de 2017.