Janela eleitoral para mudança de partido começa dia 5 de março


O prazo para transferência de partidos sem a perda do mandato, a chamada “janela partidária”, começa no dia 5 de março e segue até o dia 3 de abril. 

Qualquer mudança de partido fora desse prazo incorre em infidelidade partidária.

Pelo calendário eleitoral, esse é o prazo para que os candidatos a prefeito e vereador das eleições desse ano se filiem aos partidos. 

Com a nova legislação eleitoral em vigor proibindo as coligações, pré-candidatos deverão usar essa janela para oficializar as nominatas nos partidos.

Na Câmara Municipal de Angicos, aumentou o número de parlamentares que devem trocar de legenda, de acordo com nossas fontes agora são pelo menos seis vereadores que aguardam a data de abertura da janela para mudarem de partido.

O presidente do legislativo angicano, vereador Cloves Tibúrcio, e o vereador Nivaldo Gomes pretendem deixar o Partido da Social Democracia Brasileira - PSDB, legenda comandada pelo prefeito Deusdete Gomes.

Os vereadores Edileuza Palhares e Marcos Loló devem deixar o Movimento Democrático Brasileiro - MDB, comandado pelo ex-prefeito Clemenceau Alves e o vice-prefeito Miguel Pinheiro Neto.

Há conversas nos bastidores e em rodas de conversas políticas de que os vereadores Neto Maciel poderá também deixar o PSDB, e a vereadora Kátia Silene - “Kátia de Deda”, poderá deixar o Partido Social Democrático - PSD, em busca de outras legendas partidárias e que abriguem da melhor forma seus projetos de reeleições, diante do fim das coligações.