Testagens mostram aumento dos casos de Covid-19 no RN, diz Cipriano Maia


O secretário estadual da Saúde, Cipriano Maia, divulgou na manhã desta sexta-feira (17), os mais recentes números sobre a pandemia do novo Coronavírus no RN. “Os números são preocupantes e exigem de toda a sociedade o isolamento social, ficar em casa para evitar que progressão se mantenha”, afirmou Cipriano, ao anunciar os casos registrados: 125 leitos hospitalares estão ocupados hoje nas redes pública e privada. Os casos confirmados são 463 e houve 23 óbitos em 10 municípios. Doze óbitos estão em investigação pelo Laboratório Central do Estado e pelo Instituto de Medicina Tropical da UFRN.

“Nossas testagens mostram aumento exponencial do número de casos. Isso leva à necessidade de manter a vigilância e medidas de controle. Verificamos que o índice de isolamento caiu nos últimos dias no RN. Não podemos relaxar, a população deve contribuir ficando em casa e mantendo distanciamento quando sai para atividades essenciais. É preciso também proteger grupos mais vulneráveis, idosos e pessoas com doenças pré-existentes. Tudo isso é extremamente necessário para reduzir o contágio e evitarmos chegar ao esgotamento da capacidade de atendimento dos hospitais públicos”, argumentou o secretário.

Nesta quinta-feira (16), o Governo do RN iniciou a distribuição aos municípios dos testes rápidos, importantes para aferir o comportamento da pandemia e orientar a tomada de decisões para a assistência de saúde. O Estado praticamente não tem teste em fila de espera.

Cipriano Maia informou também que no Rio Grande do Norte a administração estadual vai manter o isolamento social para distender a curva da pandemia e para que não ameace o sistema de saúde como já está ocorrendo em outros estados do Brasil.