O piloto sumiu em Macau (RN): a prefeitura municipal está à deriva


A situação está crítica na Prefeitura Municipal de Macau (RN), pois o comandante chefe do Poder Executivo, prefeito Túlio Lemos encontra-se desaparecido, conforme foi constatado pela Câmara de Vereadores, que tentou por vários dias notificar o alcaide, mas não foi possível, pois o mesmo está em lugar incerto e não sabido.

Parte dos salários dos servidores municipais e dos temporários estão atrasados, e a grita entre os fornecedores é desespero, em razão do prefeito Túlio Lemos não quitar os débitos, deixando os empresários e comerciantes aflitos, com a falta de pagamentos.

A empresa A B AGOSTINHO – ME,  que tem como proprietário Alex Barbosa Agostinho é a única que vem recebendo religiosamente em dia, sendo a mesma responsável pela coleta de lixo no Município, já tendo recebido entre janeiro e abril de 2020 a quantia de R$ 1.140.802,27 dos cofres municipais.

Robson Pires