Governo do RN prevê retomada de aulas na rede estadual com ensino híbrido a partir de 1º de fevereiro de 2021


A Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte prevê a retomada das aulas em formato híbrido - com atividades presenciais e não presenciais - a partir de 1º fevereiro de 2021. A data está em uma portaria publicada nesta quinta-feira (22) no Diário Oficial do Estado, que define como deverá ser a conclusão do ano letivo de 2020.

De acordo com a pasta, porém, a volta depende de como estará a situação epidemiológica no estado, no período.

Ainda de acordo com a Secretaria de Educação, a determinação é de que até o próximo dia 18 de dezembro, todas as unidades escolares e todos os professores desenvolvam atividades não presenciais relativas aos períodos de suspensão das atividades.

O objetivo será alcançar pelo menos 75% da carga horária mínima de 800 horas do ano letivo de 2020, independentemente do quantidade de dias letivos indicados no calendário escolar.

A carga horária correspondente aos 25% restantes do ano letivo de 2020 será cumprida no período de 1º de fevereiro a 12 de março de 2021, "com a efetivação do ensino híbrido", associando atividades presenciais e não presenciais.

Ao G1, a pasta confirmou que o início do ano letivo de 2021 é previsto para logo após esse período, na segunda quinzena de março. O calendário, no entanto, ainda está em fase de conclusão.

As aulas presenciais estão suspensas no Rio Grande do Norte desde março de 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus. No dia 3 de setembro, o governo anunciou que autorizaria a retomada às aulas presenciais nas escolas da rede pública e privada do estado a partir de 5 de outubro. Porém, dias depois, a governadora Fátima Bezerra anunciou que as aulas presenciais nas escolas da rede estadual só seriam retomadas em 2021.

As aulas presenciais estão suspensas no Rio Grande do Norte desde março de 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus. No dia 3 de setembro, o governo anunciou que autorizaria a retomada às aulas presenciais nas escolas da rede pública e privada do estado a partir de 5 de outubro. Porém, dias depois, a governadora Fátima Bezerra anunciou que as aulas presenciais nas escolas da rede estadual só seriam retomadas em 2021.

G1RN