Bancários paralisam atendimento em agências do Banco do Brasil no RN


Funcionários do Banco do Brasil deflagraram uma paralisação de 24 horas, nesta sexta-feira (29), e não permitiram a abertura agências para atendimento no Rio Grande do Norte. O movimento ocorre em protesto contra fechamento de 361 agências e outros tipos de unidades no país, anunciado pela instituição no início de janeiro.

Segundo o Sindicato dos Bancários, pelo menos 15 agências não abriram em Natal, durante a manhã. Usuários que procuraram as unidades puderam apenas usar os caixas eletrônicos. O protesto também engloba dois programas de demissões voluntárias lançados pelo banco, aos quais os bancários contrários.

De acordo com o sindicato, pelo menos três agências deverão ser fechadas no estado, após anúncio do Banco do Brasil. Elas ficam localizadas nos maiores municípios potiguares: Natal, Mossoró e Parnamirim.

As agências em questão seriam a da avenida Amintas Barros (em Natal) a do bairro Cohabinal (em Parnamirim) e a Santa Luzia (em Mossoró). Além disso, o banco transformaria agências de Guamaré, Alto do Rodrigues e Jardim do Seridó em pontos de apoio e a de Acari em uma "Loja BB", de acordo com os bancários.

Os bancários ainda realizaram um ato público em frente a uma agência na avenida Rio Branco, no Centro da cidade.