Aos 86 anos, dona Belildes Palhares recebe primeira dose da vacina contra Covid-19


A Senhora Maria Belildes Palhares de Souza, 86 anos de idade, fazendo parte do grupo prioritário para ser vacinada contra Covid-19 recebeu a primeira dose da vacina Oxford/AstraZeneca nesta tarde de quarta-feira, 03 de março de 2021.

Dona Belildes Palhares é ex-funcionária da Fundação Nacional de Saúde, onde por 30 anos dedicados de sua vida, trabalhou na sala de imunização vacinando dezenas de centenas de angicanos no antigo Sesp, onde atualmente funciona a sede da Secretaria Municipal de Saúde de Angicos.

Dona Belildes em contato telefônico com a nossa redação através da sua irmã a vereadora Edileuza Palhares que também tem muitos serviços prestados na área da saúde, nos deixou emocionado falando da sua alegria em poder está recebendo a primeira dose da vacina contra Covid-19. Ela nos relatou o tempo em que serviu aos angicanos como profissional da área de saúde, emocionada ela disse que com fé em Deus iremos vencer esse vírus.

São muitos os angicanos que prestam carinho, respeito e reconhecimento a essas duas irmãs que já trabalharam diretamente na área da saúde pública do município. Atual vereadora em seu oitavo mandato, Edileuza Palhares, com o coração grandioso que tem, por todo amor a Angicos, continua trabalhando e contribuindo com seu esforço e dedicação à saúde dos angicanos.

Belildes Palhares é mãe de Daniel Petrônio e Isabel Palhares, sogra de Alderleide Oliveira e Beto. Ela tem três netos: Karol Palhares, Alderdan e Daniel Filho, por quem tem um amor incondicional por cada um deles, bem como, por suas irmãs, irmãos e demais familiares.

“Trabalhei por 30 anos na Fundação Nacional de Saúde, lá, pude imunizar muitas crianças que hoje já são homens e mulheres. Estou prestes a completar 87 anos, estou lúcida, quero continuar doando meu amor aos meus familiares longe desse vírus que tem nos causado medo, e afetado inúmeras famílias no mundo inteiro, hoje, meu incluo no direito à vacinação, tomei hoje a primeira dose e em junho tomo se Deus quiser a segunda dose da vacina contra a covid-19”, relatou dona Belildes por telefone.

Dona Maria Belildes Palhares de Souza foi vacinada em sua residência, através da competente Equipe de Unidade Básica de Saúde da Família - UBS Alto do Triângulo, tendo sido a enfermeira Carmem Laureano responsável pela aplicação da primeira dose em dona Belildes.