MPRN realiza operação para apurar desvio de combustíveis em Angicos


A Operação Combustão, foi feita com apoio da Polícia Militar, e cumpriu mandado de busca e apreensão no Posto Angicos, localizado na Avenida Senador Georgino Avelino, Centro de Angicos, que mantém contrato com a Prefeitura Municipal. 

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) realizou nesta sexta-feira (5) a operação Combustão, que apura possível crime cometido pela Prefeitura de Angicos, que tem como chefe do Executivo, o prefeito Deusdete Gomes. Com apoio da Polícia Militar, a Promotoria da cidade cumpriu mandado de busca e apreensão no Posto Angicos.

A suspeita é que no posto estavam sendo praticados crimes por agentes públicos locais no que se refere ao fornecimento de combustível por parte Prefeitura de Angicos. As buscas foram realizadas no posto para identificação e coleta de indícios do cometimento de ilícitos.

O MPRN reforça que caso algum cidadão tenha conhecimento sobre qualquer prática ilícita executada em relação a crimes, pode auxiliar as apurações enviando informações e documentos através do site da Ouvidoria do Ministério Público do Rio Grande do Norte ou pelo Disque Denúncia 127 do MPRN. 

Em Angicos, os cidadãos também podem comparecer à Promotoria de Justiça da cidade, de segunda a sexta para atendimento presencial.

MPRN