Barragem Armando Ribeiro Gonçalves atinge mais de 50% de sua capacidade máxima de armazenamento


O maior reservatório de água do Rio Grande do Norte, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no Vale do Açu (RN), atingiu nesta terça-feira, 28 de abril, 50,26% de sua capacidade máxima de armazenamento.

O nível da lâmina d’água elevou de ontem para hoje 32 centímetros. Faltam 7,91 metros para a sangria do reservatório. O volume de água acumulada é de 1,192 bilhão de metros cúbicos. De ontem para hoje houve um aumento de 37 milhões de metros cúbicos.


Reservatórios hídricos do RN atingem maior volume de armazenamento desde 2012

Os reservatórios hídricos do Rio Grande do Norte atingiram a melhor marca de armazenamento desde 2012, segundo levantamento do Instituto de Gestão das Águas (Igarn), que acompanha a situação volumétrica dos reservatórios do estado.

Segundo o Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, atualizado nesta segunda-feira (27), os principais mananciais potiguares continuam recebendo grande aporte hídrico. 

As reservas hídricas superficiais totais do Estado já somam 2.008.669.228 m³, percentualmente, 45,89% da capacidade total de armazenamento das principais barragens estaduais que é de 4.376.444.842 m³.

Armando Ribeiro Gonçalves, em Assu - 1.163.336.253 m³ (50,26% cheio);
Umari, em Upanema - 230.362.564 m³ m³ (78,67% cheio);
Santa Cruz do Apodi, em Apodi - 213.173.540 m³ (35,55% cheio);
Mendubim, em Assu - 77.357.134 m³ (100% cheio);
Barragem Pau dos Ferros, em Pau dos Ferros - 16.535.048 m³ (30,15%% cheio).

Em março deste ano, o Rio Grande do Norte chegou a 30,56% de sua capacidade hídrica total, segundo o Instituto de Gestão das Águas (Igarn). De acordo com o relatório do divulgado pelo órgão, o volume de água somado dos 47 reservatórios do estado potiguar atingiu 1.337.632.792 m³.