Igreja Matriz de Nossa Senhora da Guia em Acari, recebe título de Basílica Menor


Através de um decreto emitido pela Santa Sé, o Papa Francisco tornou a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Guia, na cidade de Acari, na região do Seridó potiguar, uma Basílica Menor. O decreto foi lido pelo bispo diocesano de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, no final da celebração de “dedicação da Igreja”, na noite desta quinta-feira, 25 de março.

O título pelo Papa em razão da história e da arquitetura da Igreja. Foi nela que o Cardeal Eugênio de Araújo Sales recebeu o Sacramento do Batismo, há cem anos. Dom Eugênio foi sacerdote, bispo auxiliar e administrador apostólico da Arquidiocese de Natal, e faleceu no ano de 2012, no Rio de Janeiro, onde residia como arcebispo emérito.

Mensagem do arcebispo

O arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, enviou uma mensagem ao bispo de Caicó, Dom Antônio Carlos, e à Paróquia de Nossa Senhora da Guia, manifestando alegria, em nome da Província Eclesiástica. “Quando Bispo de Caicó, sempre pude apreciar o esmero e a solicitude da Paróquia de Acari pela beleza das celebrações litúrgicas – principalmente na Festa de Agosto –, animadas com o autêntico espírito do Concílio Vaticano II, que impele as comunidades àquela nobre simplicidade que ajuda eficazmente ao serviço divino do louvor a Deus. Ressalta-se a perseverança do Coral que conserva a herança de inestimável valor da música sacra composta pelo Maestro Felinto Lúcio Dantas, que por décadas o regeu em Acari e Carnaúba e que hoje possui a sua obra musical conhecida e apreciada inclusive em Roma”, escreveu Dom Jaime.

O que é uma Basílica Menor

Segundo o documento Domus Ecclesiae (Casa da Igreja),da Congregação para o Culto divino e a Disciplina dos Sacramentos, da Santa Sé, as basílicas são igrejas dotadas de especial importância para a vida litúrgica e pastoral de uma diocese e, por isso, possuem “um particular vínculo com a Igreja de Roma e com o Sumo Pontífice”.

História

A Paróquia Nossa Senhora da Guia, na cidade do Acari, é a primeira que foi desmembrada da antiga Freguesia da Senhora Santa Ana do Seridó, cujo território paroquial abrangia o que hoje corresponde ao território da Diocese de Caicó. A Igreja Matriz, que agora passa a ser Basílica Menor pontifícia, foi construída pelo Padre Thomaz Pereira de Araújo, inaugurada em 1867.

Sendo a segunda paróquia mais antiga da Diocese de Caicó, por haver sido erigida em 1835, e uma das mais antigas do estado do Rio Grande do Norte, ela guarda uma forte expressão da piedade popular. Segundo pesquisadores, a devoção a Nossa Senhora da Guia remonta, porém, ao ano de 1738, de modo que as cidades ao seu redor têm na cidade de Acari um referencial de piedade mariana e de decoro nas celebrações litúrgicas.

Tradicionalmente, a festa da padroeira acontece no período de 5 a 15 de agosto e atrai centenas de devotos locais e visitantes.