Projeto sobre proibição de fogos de artifício é reprovado pela Câmara Municipal de Angicos


O Projeto de Lei (PL 022/2020), que visava a proibição do uso de fogos de artifício com estampido em Angicos, de autoria do vereador Jalmir Dantas de Araújo (PSB), foi reprovado pela maioria dos vereadores na última sexta-feira, 19 de junho de 2020, em sessão realizada no Plenário da Câmara Municipal de Angicos.

O Projeto que se encontrava em uma comissão do Legislativo Angicano, tinha o intuito de suspender a comercialização, utilização, queima e soltura do artefato, as mudanças seriam obrigatórias para eventos festivos como as principais festas religiosas da cidade.

As festas católicas e outros eventos da cidade ficariam totalmente prejudicadas caso o projeto fosse aprovado, exemplo da festa do padroeiro São José; de Nossa Senhora de Fátima; de Nossa Senhora das Graças, além de outros momentos religiosos que costumeiramente a Paróquia Santuário e os fiéis católicos são acostumados a soltar os fogos, como forma de engrandecimento das festas e agradecimentos aos santos do dia (pagamento de promessas).


Comerciantes da cidade que revendem fogos na cidade preocupados, procuraram alguns vereadores para fazer um apelo para que o projeto não fosse aprovado. 

Votaram a favor do projeto os vereadores Jalmir Dantas (autor do PL) e Tiago Braga. O presidente da Câmara, vereador Cloves Tibúrcio e a vereadora Kátia de Deda se abstiveram de votar.

Já os vereadores Edileuza Palhares, Nataly Felipe, Nivaldo Gomes, Marcos Loló e Neto Maciel votaram contra e reprovaram o projeto.