Dr. Neto Nobre pede volta da Regionalização do Hospital de Angicos


O médico clínico geral, Dr. Neto Nobre, que por muitos anos prestou serviços médicos no Hospital de Angicos, pediu através de suas redes sociais a volta da regionalização do nosso hospital.

Dr. Neto alertou que sua municipalização acarretará prejuízo para os municípios de Afonso Bezerra, Fernando Pedroza, Lajes, Pedro Avelino e Santana do Matos e em um futuro breve para os próprios angicanos.

O médico santanense chamou atenção das lideranças políticas da Região Central para se unirem e lutarem para que o novo governo venha a reassumir a gestão do Hospital.

Ele conclamou para que os prefeitos e outras lideranças regionais possam pressionar a governadora eleita, Fátima Bezerra (PT), para que assuma a gestão do Hospital de Angicos. 

É preciso que o Estado reassuma a gestão do Hospital e devolva este equipamento ao povo da Região Central, alertou o médico santanense Dr. Neto Nobre.

A gestão do Hospital de Angicos foi entregue a Prefeitura Municipal, a pedido do prefeito Deusdete Gomes (PSDB), conseguindo este feito por meio de um TAC - Termo de Ajustamento de Conduta, assinado entre o Estado, Município e MP. 

O prefeito Deusdete, por sua vez, sempre afirmava que quando conseguisse tomar a frente daquela unidade hospitalar, seu grupo político não entregaria o comando da Prefeitura em menos de 30 anos. 

Esse é o pensamento do atual gestor angicano que afirmou isso diversas vezes a este blogueiro.